Como enfrentar as desgraças e contratempos da vida…

152 Turista acidental - Turista acidental

Turista acidental

Quando visita amigos, os acidentes acontecem mesmo que você seja muito cuidadosa e sóbria. Por isso, se alguma vez partir ou manchar alguma coisa em casa de outras pessoas, seja honesta, faça tudo para melhorar a situação e ofereça-se para reembolsar os danos. O mesmo se aplica a queimaduras de cigarro (se for fumadora, fique no exterior ou perto de um cinzeiro).

Republished by Blog Post Promoter

151 Verdade nua e crua1 - A verdade nua e crua

A verdade nua e crua

Ser apanhada nua é mortificante. Agarre numa toalha de mesa, num casaco, num guardanapo, qualquer coisa para esconder a sua modéstia. Se não tiver nada à mão, adopte a posição de pernas ligeiramente dobradas e agache-se e use ambas as mãos para cobrir o peito. Grite: “Por favor, vire-se”, saia e depois peça desculpa quando estiver vestida. Se apanhar o anfitrião ou a anfitriã nus, fuja imediatamente sem rir e não fale do incidente exceto se eles se lhe referirem.

Republished by Blog Post Promoter

150 Humor casa de banho - Humor de casa de banho

Humor de casa de banho

Sujar a casa de banho pode fazê-la corar. Nenhum convidado deixaria marcas na casa de banho de outra pessoa. Primeiro verifique se existe uma escova: agradeça aos céus se houver alguma e prepare-se para um mau bocado se não existir nenhuma. Arme-se com bastante papel higiénico, puxe o autoclismo pela segunda vez e esfregue violentamente enquanto tapa o nariz com a outra mão.

Republished by Blog Post Promoter

147 Autoclismo - Puxar o autoclismo

Puxar o autoclismo

Ir à casa de banho a meio da noite pode provocar todo o tipo de problemas – puxar o autoclismo ou não, eis a questão. Se fizer a necessidade número dois, puxe o autoclismo seja a que hora for. As pessoas preferem ser acordadas por água do que assustadas pelo fedor quando se dedicarem à sua higiene diária. Baixe o tampo da sanita e mantenha a porta fechada até o barulho desaparecer. Se o quarto de alguém fica ao lado e você só precisa de fazer um xixi, coloque papel na superfície da água e saia.

Republished by Blog Post Promoter

149 Má sorte - Má sorte

Má sorte

Estar com o período enquanto está longe de casa é, no melhor, um pesadelo – você sente-se doente, chora muito e grita com as pessoas na televisão. Se se sente emotiva, mantenha-se reservada e deite-se cedo. Se passar alguma coisa para os lençóis, seja honesta e peça para ser você a lavá-los o mais depressa possível. Todas já passámos por isso. Toda a boa anfitriã deve ter um armário repleto de tampões e comprimidos para as dores, por isso não sofra em silêncio. As boas anfitriãs também devem ter um caixote na casa de banho para colocar os produtos de higiene após o uso – se não tiverem, guarde-os num saco de plástico e deposite-os no caixote do lixo quando puder.

Republished by Blog Post Promoter

148 Crime sexual - Crime sexual

Crime sexual

Fazer sexo na casa de outra pessoa também é complicado. Ter convidados que gemem tão alto que nos mantêm acordados toda a noite, torna o pequeno-almoço muito estranho. Se está fora por uma noite, controle-se. Não morre por estar 24 horas sem sexo. Se está fora por mais tempo, o importante é fazê-lo de forma mais silenciosa – pode mesmo fazê-lo no tapete, se a cama ranger muito, ou esperar que os donos da casa saiam durante uma hora se está a namorar com uma pessoa que grita muito. Não deixe preservativos pela casa e mantenha os lençóis o mais limpos possível. Deixá-los para que os anfitriões tratem deles e levar a hospitalidade demasiado longe.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds