As amigas são excelentes para nos acompanharem nas compras, comer chocolate, dançar, mexericar, ver filmes,
fazer ginástica, ficar noivas e ir de férias, ao mesmo tempo que nos animam e nos fazem sentir populares! No entanto, o sangue é mais espesso que a água, por isso não pode tratá-las da mesma forma que trata os seus familiares. Elas estão por perto porque você é simpática, divertida, inteligente e honesta, por isso não se torne uma “cabra” tomando atitudes menos próprias e fique à espera que elas concordem. Seja simpática e as amigas que valem a pena estarão consigo para sempre.

41 Apoio Total - Apoio total

Apoio total

Vejamos o reverso da medalha no que respeita aos mexericos. Falar pode ser fácil, mas um elogio vindo de um amigo pode significar muito. Se um amigo perdeu peso, obteve um bonito bronzeado ou está a usar algo que lhe fica lhe fica realmente bem, diga-lhe. Se alguém que conhece disse algo positivo sobre um amigo, passe a palavra. Se alguém está interessado num dos seus amigos, diga-lhe, isso fá-lo-á sentir-se bem (mesmo que já esteja comprometido).

Invocar o mantra da etiqueta – pôr os outros à sua frente – mostra que os verdadeiros amigos merecem 100 por cento de lealdade. Dê-lhes apoio total quando estão magoados ou com problemas e tome sempre o partido deles numa discussão (mesmo que estejam a ser um pouco irracionais). Apoiem-se uns aos outros. Façam com que o outro se sinta especial.

Apoio total significa apoio incondicional. Nunca abandone um amigo valioso por um novo amigo só porque lhe apetece mudar. E, já que estamos a falar do assunto, também é excelente que se dê bem com os amigos dos amigos. Mas não em demasia. Não combine saídas à noite sem o vosso amigo comum e não o informe sobre coisas que o amigo deles tem feito. Isso é muito grosseiro.
No entanto, se os vossos amigos mútuos se distanciarem, pode começar uma bela amizade por si própria. A sua relação de confiança, apoio e consideração também implica que lembre datas importantes, detalhes sobre os familiares dos seus amigos e um telefonema quando precisam de ouvir uma voz amiga. Da mesma forma, embora passar uma noite a tossir e a vomitar não seja a perfeita ideia de uma grande noite, se um amigo está sozinho e precisa de companhia, alugue um DVD e leve uma máscara de proteção. Segurar o cabelo de alguém enquanto essa pessoa vomita é um verdadeiro teste de amizade.

Felizmente, o carinho e a atenção também podem ser mostrados por um afetuoso pequeno presente. Não pense no preço, pense na pessoa. Uma palavra de aviso sobre os bens: não parta do princípio que são tão íntimos que “o que é meu é automaticamente teu”. É bom partilhar as coisas, mas não é nada bonito ter de suplicar para as reaver. O velho ditado: “Quem empresta o que tem, a
pedir vem” faz muito sentido. Se alguém danificar ou perder algo especial, pode sentir ressentimento. Se empresta dinheiro a alguém, não se sinta mal pedindo-o de volta, a não ser que se trate de uma quantia muito pequena. Pense duas vezes antes de emprestar grandes somas de dinheiro e tenha cautela com as pessoas que estão constantemente a pedir-lhe dinheiro emprestado.

Republished by Blog Post Promoter

Segredos de sucesso - Segredos de sucesso

Segredos de sucesso

♦ Se é uma mulher de mulheres, não tenha vergonha disso. As raparigas que têm medo de andar com outras do mesmo sexo são frequentemente inseguras ou apenas ciumentas. Andar com rapazes não a torna mais popular.

♦ Mesmo que não tenha nada de importante para dizer a um amigo que necessite, ofereça um ombro onde chorar e um ouvido para escutar.

♦ Quando sugere um encontro com um bom amigo, lembre-se que ele pode não ganhar o mesmo dinheiro nem gostar dos mesmos locais. Escolha um sítio que ambos apreciem.

♦ Se ganha mais dinheiro que um amigo, não se sinta obrigada a oferecer presentes mais caros nem a pagar a conta sempre que saem. O seu amigo devia estar feliz por se estar a dar
bem na vida e não à espera de algo mais de si além do seu tempo. Se você está realmente numa situação mais confortável, surpreenda-o com algo extravagante.

♦ Se empresta alguma coisa a um amigo, prepare-se para que possa partir-se, perder-se ou estragar-se – e não pode ficar ressentida com ele para sempre. No entanto, ele deve devolver as coisas e você não se deve sentir culpada por lho lembrar. Deve ser algo que você adora ou não estaria tão feliz por ele a ver/ler/usar, não é verdade?

♦ Se tiver pedido emprestado algo e tiver tido um acidente, não entre em desespero. Ofereça-se para a substituir ou pagar a limpeza a seco. O seu amigo provavelmente dirá para não se preocupar, mas pelo menos você ofereceu-se. É tudo uma questão de respeito.

♦ Por vezes, as suas melhores intenções fracassam e um amigo não gosta do presente que lhe ofereceu. Se ele o disser abertamente, não fique ofendida. Sinta-se feliz por ele ter confiança suficiente consigo para lho dizer. Dê-lhe o recibo e sugira mesmo irem juntos efetuar a troca.

♦ Não se sinta obrigada a aproximar-se depressa de mais. O seu novo amigo pode ser do género de pessoa que faz amigos num minuto e imediatamente partilha informações pessoais. Não tem de lhe dar a conhecer o seu ciclo menstrual nem a posição de sexo preferida se não
quiser. Pode gostar de alguém sem ter de lhe descrever os seus mamilos.

♦ Se uma amiga tem um novo companheiro, existe a possibilidade de não gostar tanto dele quanto ela. Pode não o suportar, mas seja bem-educada. Se ela lhe perguntar diretamente a sua opinião sobre ele, dê alguns pontos positivos (“Ele adora a mãe, por isso deve respeitar as
mulheres”) antes de passar ao rol dos aspetos negativos. Não exagere. Se ela gosta realmente dele, criticá-lo pode custar-lhe a amizade.

♦ Por outro lado, se uma amiga não suportar o seu namorado – e você perceber isso – não deixe que isso a perturbe. Pergunte porquê e se não houver justificação não se preocupe. Eles entraram em choque. Se a sua amiga tiver uma boa razão (ele fala mal consigo, por exemplo), pense nisso. Afinal, as suas amigas devem ter em conta o seu melhor interesse.

♦ Quando inicia uma relação séria com um homem, alguns dos seus amigos do sexo masculino podem não conseguir lidar muito bem com isso. Nem sempre é porque eles
esperavam secretamente que um dia fosse a correr para os seus braços – por vezes é porque não gostaram muito da sua escolha ou porque gostam de ser o único homem nas redondezas. Seja compreensiva se eles desaparecem também um pouco quando arranjam um novo amor.

♦ Se uma amiga lhe pede que seja a sua dama de honor, testemunha ou leitora no seu casamento ou madrinha do filho, sinta-se grata. Esta é, sem dúvida, uma honra e a sua
amiga terá pensado cuidadosamente na melhor pessoa para a função. Mesmo que ache que o casamento é arcaico e as crianças são um erro, significa muito para a sua amiga, por
isso devia significar muito para si.

♦ A sua relação com as suas amigas mudará quando elas assentarem com alguém, casarem e/ou tiverem filhos. Pode pensar que elas se tornaram chatas, mas, se estiverem felizes, estão felizes. Tente não julgar. Elas podem já não querer fazer uma viagem, mas podem ainda ser as melhores amigas para ir ao cinema ou para um passeio no parque. No entanto, só porque uma amiga tem um companheiro/marido/filho, ela não tem de os levar sempre que sai. Insista em noites só para raparigas. Fará muito bem à sua amiga, a si e à vossa amizade. As circunstâncias mudam, mas os amigos podem estar para sempre por perto.

Republished by Blog Post Promoter

32 Irmã mais velha - A irmã mais velha

A irmã mais velha

Esta pessoa pode mesmo ser a sua irmã mais velha, ou a prima, ou qualquer pessoa do mesmo sexo que tem estado ao seu lado, que a tem apoiado e que se sente feliz por partilhar as suas experiências consigo. Pode preferir não seguir os conselhos dela, mas ter uma amiga de uma geração ligeiramente diferente dar-lhe-á apoio e miolos – e não entrarão em competição porque ela já passou essa fase da vida. Os futuros namorados também terão mais probabilidades de ter medo dela, o que não é mau. E os pais sentem-se felizes por você ter uma amiga como esta.

Republished by Blog Post Promoter

46 Terminar uma amizade - Terminar uma amizade

Terminar uma amizade

Por vezes as amizades tornam-se azedas e, quando os maus momentos ultrapassam os bons, é a altura de dizer adeus. Os amigos existem para oferecer apoio, segurança e uma vida social, e um bom amigo fá-la-á sentir-se feliz, popular e amada. Quando um amigo começa a tornar a sua vida um inferno, a arrastá-la para baixo e a fazê-la sentir-se mal consigo, está na altura de o abandonar.

 

Cinco passos para abandonar um(a) amigo(a):

1. Deixe de responder aos telefonemas e aos e-mails. É duro mas rápido.

2. Mantenha-se ocupada – comece a sair com outras pessoas e nem vai reparar que a antiga amiga não está lá.

3. Não se sinta culpada. Você é uma pessoa decente. Não estaria a fazer isto se a sua amiga não fosse tão chata.

4. Resolva a questão com ela. Se não perceber as dicas, diga-lhe algumas verdades – mas esteja à espera de as ouvir também. Seja justa e diplomática: admita que não é perfeita, mas que espera honestidade/lealdade/simpatia,

5. Se ela entrar em contacto algum tempo depois, reconsidere a sua decisão. Mas assim que as suas características antigas vierem à tona, não perca tempo.

Por vezes, não é culpa de ninguém, mas as pessoas mudam e afastam-se. Isso é triste, mas significa que você está mais madura, e distanciar-se dessa amizade mostra que está pronta a seguir em frente e fazer amizade com pessoas com quem tenha mais em comum. Não “bata mais no ceguinho”. É melhor lembrar um amigo com simpatia do que ficar ressentida por passar a noite com ele em vez de a passar com o seu companheiro ou com os seus maravilhosos amigos novos.

 

Republished by Blog Post Promoter

39 Grupos de amigos1 - Quanto tempo devia passar com os seus amigos?

Quanto tempo devia passar com os seus amigos?

À medida que a sua vida se desenvolve, terá de fazer escolhas. Já não tem 15 anos, nem fins-de-semana sem nada para fazer em que passeia pela cidade e namorisca rapazes no McDonalds. Agora os sábados são passados a recuperar o sono perdido, a lavar a roupa e a fazer telefonemas. A sua carreira e a sua relação amorosa têm primazia e, nas poucas horas em que não está a pensar nelas, é bom calçar uns chinelos, comprar uma boa caixa de chocolates e ver um bom DVD. Então, que tempo sobra para ver os seus amigos?

Bem, as boas notícias são que os bons amigos serão sempre bons amigos e pode passar semanas e até meses (por vezes anos) sem os ver. O melhor a fazer é certificar-se de que o tempo em que os vê é bem empregue. Não se sinta obrigada a comparecer no bar onde o seu amigo vai com os colegas todas as quintas-feiras – já sabe que não terá um minuto de sossego com ele e sentir-se-á mal por ter ido. Às vezes menos pode significar mais Admitam que têm as semanas lotadas, por isso estabeleça uma data no futuro e façam alguma coisa especial que todos possam apreciar – marquem um restaurante fabuloso ou façam um passeio de um dia juntos.

Há alguns amigos que verá com mais frequência. Não é porque goste mais deles que dos outros, mas talvez vivam mais perto, tenham mais flexibilidade de tempo ou se esforcem mais. Se trabalharem em campos semelhantes, encontrem-se para um justificado almoço de trabalho. Se ambas se mudaram, mas os vossos pais ainda vivem na mesma aldeia, combinem uma forma de os visitarem no mesmo fim-de-semana.

Se sente que uma amiga precisa de a ver mais vezes por alguma razão, arranje algumas horas. Não vai fazer mal faltar ao ginásio ou à sua noite de trabalho uma vez. Pode gostar de se deitar cedo, mas algumas saídas com um amigo verdadeiro não trarão muitos danos.

No entanto, se não vê as pessoas tantas vezes como deseja, não se deixe sentir culpada. Você está ocupada. Você é popular. Você é profissional. Desde que esteja lá quando elas precisam – e se mantenha em contacto com e-mails e telefonemas regulares – está a sair-se bem. Quando um amigo reclama muito por não a ver, em breve vai tornar-se chato e você desejará vê-lo ainda menos. Seja franca com as suas restrições de tempo e talvez ela compreenda. Mas não se esqueça da data do seu aniversário.

Republished by Blog Post Promoter

30 Dez mandamentos da amizade - Os dez mandamentos da amizade

Os dez mandamentos da amizade

1. Escolha amigas que a façam sentir-se bem.

2. Uma amiga ciumenta nunca será uma amiga honesta.

3. Confie nos seus instintos. Se uma pessoa gosta genuinamente de si, isso vê-se.

4. As novas amigas são tão importantes como as mais antigas por razões diferentes.

5. Não peça a uma amiga para fazer por si algo que você não gostaria de fazer.

6. Respeite o facto de as suas amigas terem prioridades diferentes das suas.

7. Não fique a matutar numa discussão nem numa troca de palavras – esclareça tudo.

8. Não esqueça o aniversário de uma amiga.

9. Telefone às amigas sempre que alguma coisa importante se passar na vida delas, mesmo que seja apenas por um minuto.

10. Use as suas amigas para apoio, mas não as sobrecarregue. Todos têm limites e as suas vidas para resolver.

 

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds