Por que razão nem todos são tão bem educados como você? A leitora esforça-se para que as pessoas se sintam confortáveis, normais c apreciadas e nem mesmo alguns dos seus melhores amigos se dão ao trabalho de lhe agradecer um presente ou retribuir um convite! O seu sangue ferve e fantasia em riscá-los da sua agenda para nunca mais os ver. Será essa a melhor maneira de lidar com os socialmente ineptos?

180 Brigada do ódio - Brigada do ódio

Brigada do ódio

Algumas pessoas odeiam-na, faça o que fizer. Elas têm uma opinião e você não consegue alterá-la. Não se preocupe… o problema é delas. As pessoas são cruéis para as outras por muito poucas razões – e normalmente não tem nada a ver com facto de a pessoa merecer ou não.

1. Inveja – a maneira mais rápida de pôr alguém fora do poleiro é ridicularizá-la ou fazê-la questionar a sua auto-estima. É psicologia clássica: se uma pessoa é bonita, lembre-lhe que tem um traseiro enorme; se uma pessoa tem uma boa relação amorosa, lembre-lhe as anteriores conquistas do namorado. É tão transparente como um vitral… mas doloroso, eu sei.

2. Tristeza – as pessoas felizes estão geralmente tão ocupadas a ser felizes que não têm tempo para ser invejosas, más ou apunhalar pelas costas. As pessoas tristes têm muito tempo para estas ocupações. Ofereça-lhes ajuda, mas, se elas recusarem, pouco mais pode fazer. Primeiro elas têm de se ajudar a si próprias – e não se deixe levar por elas. As pessoas negativas são contagiosas.

3. Atração sexual – os rapazes só perseguem e puxam o rabo-de-cavalo às raparigas de quem gostam. Os homens fazem o mesmo na idade adulta. Um indivíduo passa muito tempo a aborrecê-la por causa de um erro que cometeu no trabalho? Ele está a fazer-se a si.

Republished by Blog Post Promoter

191 Laços de família - Laços de família

Laços de família

Vamos partir do princípio que de todos amamos e gostamos das nossas famílias… mas, numa base diária, elas irritam-nos e vice versa. O problema com as famílias é que elas conhecem-nos demasiado bem. Não conseguimos escapar à verdade nem tentamos tornar-nos pessoas mais espertas e atraentes (o seu pai estará lá sempre com a sua fotografia nua em criança). Quando a sua família estiver a exagerar, faça um intervalo. Faça outros planos. Mantenha-se em contacto através de cartas, e-mails e postais, mas oiça o atendedor de chamadas quando chega a casa do trabalho para que possa evitar os telefonemas persistentes da sua mãe. Não se sinta na obrigação de comparecer em acontecimentos chatos de família nem em visitá-los aos fins-de-semana. Convide-os para sua casa se isso os torna mais respeitosos. Podemos escolher os amigos, mas não podemos escolher a família. Mas podemos escolher se eles nos aborrecem ou não.

Republished by Blog Post Promoter

182 Mulher bonita - Pessoas bonitas

Pessoas bonitas

Elas não fazem nada pela auto-estima da leitora. Você sente-se gorda e feia na companhia delas. De facto, sente-se tão mal que é obrigada a tornar-se má e a fazer comentários sobre o facto de elas serem burras. Prepare-se para uma noite com supermodelos ou o equivalente arranjando o cabelo, usando uma roupa na qual se sinta confortável e lendo as obras completas de Shakespeare. Lembre-se também que as pessoas verdadeiramente belas não se apercebem da sua beleza, por isso não se sinta intimidada. Além disso, a beleza vem de dentro.

Republished by Blog Post Promoter

189 Homens maus - Homens maus e mal-humorados

Homens maus e mal-humorados

Grunhir, grunhir. Eles parecem incapazes de conduzir uma conversa adequada. Tudo é horrível. Suspiram a cada movimento. Se são bonitos, o capricho pode ser adicionado à sua beleza sexual. Se são feios, isso torna-os ainda mais desagradáveis. Ignore os maus e os mal-humorados se eles a deixam em baixo – pelo menos sabe que eles se sentam e não se queixam, só resmungam para si próprios. Se casar com um deles, diga-lhe para se animar ou apreciar a paz e a calma.

Republished by Blog Post Promoter

179 Evitar pessoas - Evitar as pessoas

Evitar as pessoas

Se realmente não aguenta uma pessoa, mantenha-se afastada. Passar uma hora na sua presença irrita-a e, para ser honesta, essa pessoa não merece que se preocupe tanto. Se sabe, no fundo do coração, que se esforçou e se comportou com simpatia, tem a consciência tranquila. Recuse convites a eventos a que sabe que ela irá. Passe menos tempo com amigos que insistem em admirar a perdedora. Conheça pessoas novas e interessantes através do trabalho ou dos seus passatempos.

Republished by Blog Post Promoter

186 Atiradiços - Atiradiços

Atiradiços

Para estes homens, tudo se resume a insinuações ou a avanços. Você não pode dirigir-se para o bar sem que eles façam um comentário sobre onde esconderiam a sua salsicha. Se encontrou um homem triste como este, ignore-o o máximo que puder, e ele deve perceber. Se continuar, avise-o de que os seus comentários são ofensivos e sexistas e que fará queixa, ou fale abertamente a todas as outras mulheres na sala sobre o seu mau comportamento. Elas agradecer-lhe-ão pelo aviso.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds