Esqueça o dinheiro, são as férias que fazem girar o mundo. Após semanas de trabalho árduo, escritórios cinzentos e céu cinzento, é ótimo fugir para o sol, areia e mar. Ou para o campo. Ou para a neve e o esqui. No fundo, o que é bom é fugir para algum lado. Mas ser bem recebida para onde quer que vá depende de como se comporta como turista. Se é sempre respeitadora e atenciosa com as diferenças do mundo, nada pode correr mal. Pelo menos é melhor pensar assim…

174 Roupa - Vista-se com respeito

Vista-se com respeito

Quando fica num hotel ou está com outros visitantes, vista-se de forma apropriada. Antes de ficar, verifique se os homens precisam de usar gravata e camisa para o jantar ou se as mulheres podem ir almoçar de fato de banho ou se têm de se vestir. Leve sempre uma blusa de mangas compridas, uma saia pelos joelhos e chapéu, no caso de decidir visitar um local religioso.

Republished by Blog Post Promoter

171 Voar - Sugestões para "voar com estilo"

Sugestões para “voar com estilo”

As viagens de avião são cansativas e causam tensão, e você tende a chegar ao destino sentindo-se como um ogre inchado e oleoso. Levará um dia para recuperar ou mais se a viagem for de longo curso e envolver diferenças de fuso horário. Eis como minimizar os danos:

1. Livre-se das malas grandes logo que possível e leve consigo apenas uma mala pequena. Não só lhe poupará as costas como também é má educação monopolizar os compartimentos superiores, para além de ser difícil aguentar as pessoas que tentam passar por si enquanto está a guardar as malas.

2. Reserve com antecedência ou peça um lugar onde possa esticar as pernas e ir à casa de banho sem perturbar as pessoas que vão a dormir ao seu lado.

3. Recline o seu banco apenas após as refeições e a descolagem.

4. Não use roupa limitativa, como calças de ganga e camisolas que a façam transpirar durante a viagem. Leve roupa elegante para a sala de espera e depois mude para roupa mais confortável a bordo.

5. Ponha de lado as bebidas alcoólicas e a cafeína – ninguém gosta de um bêbedo por perto quando está num avião. Em vez disso, peça às assistentes de bordo que lhe tragam água durante o voo e beba um sumo de laranja para aumentar a sua vitamina C.

6. Não se irrite nem grite com pais de crianças irrequietas – eles já se sentem mortificados. (a não ser que os miúdos andem a correr ou a pontapear o seu banco. Nesse caso, dê-lhes uma palavrinha sobre os seus “anjinhos”.)

7. Se está sentada ao lado de uma pessoa que ocupa demasiado espaço ou ouve música muito alto, avise-a assim que começar a aborrecê-la. Se não a puder avisar (ou seja, ela está irritada, cheiram mal ou cospe no seu jantar), avise uma assistente de bordo. Elas tentarão mudá-la de lugar em vez de fazerem uma cena. Qualquer que seja o curso de ação a tomar, não sofra em silêncio.

Republished by Blog Post Promoter

172 Diferenças - Ame as diferenças

Ame as diferenças

Deixe-se de lamurias sobre os preços, as pessoas ou as opções políticas. Aprecie todos os países pelos seus méritos. Tente ser uma patriótica cidadã do mundo. Explore e aprenda. Respeite o país que está a visitar e tornar-se-á uma boa publicidade para o seu próprio país. Nada é pior que jovens bêbedos em viagem, que destroem bares, troçam dos locais… e depois resmungam por terem tido umas férias péssimas.

Republished by Blog Post Promoter

173 Comida diferente - Comida diferente

Comida diferente

Nunca seja mal-educada em relação às especialidades gastronómicas de outros países. Os asiáticos acham que os ingleses são malcheirosos por consumirem tantos lacticínios, por isso, quem somos nós para julgar? Faça o seu pedido com cuidado, fique-se pelo arroz e pelos vegetais se não compreende, compre água engarrafada e evite o gelo.

Republished by Blog Post Promoter

175 Falar a língua - Falar a língua

Falar a língua

Fazer um pequeno esforço é tudo o que é necessário… Antes de viajar, procure e aprenda as palavras “olá”, “adeus”, “obrigada” e “à sua saúde”. Elas levá-la-ão longe.

Quando estiver no estrangeiro, a solução não é falar lentamente nem aos gritos na sua própria língua. Isso é muito indelicado. Arranje um livro para as alturas difíceis e mostre que aprecia os esforços das outras pessoas para a compreender. Se falarem inglês, seja humilde e atenciosa.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds