123 Mau convidado - Um convidado que vai demasiado longe

Um convidado que vai demasiado longe

A sua hospitalidade não se deve estender a telefonemas de longa distância, à pilhagem do seu armário de bebidas, à presença de substâncias ilegais em sua casa, a estranhos vagueando pela casa a meio da noite ou a favores sexuais. Geralmente os convidados devem sentir-se cm casa mas não agir como se estivessem na casa deles. É tudo uma questão de respeito.

Republished by Blog Post Promoter

132 Crianças - Crianças

Crianças

Da mesma forma, algumas pessoas não gostam muito de crianças. Na verdade, para quem não é pai ou mãe, é difícil compreender a atração por estas criaturas que guincham, choram e vomitam muito.

Nunca apareça num jantar com as crianças a reboque exceto se tiver confirmado com antecedência. E não se sinta ofendida se a resposta for “não” – as pessoas querem conversar consigo e não vê-la a mudar fraldas. Aprecie uma noite fora sem os pequenos por uma vez.

Se vai dar uma festa e tem crianças, suborne os que tiverem mais de cinco anos para ficarem numa divisão com comida rápida e um DVD e reze para que os bebés não acordem.

Republished by Blog Post Promoter

97 Telemóveis - Telemóveis

Telemóveis

Ter um telemóvel já não é raro nem novo, por isso não há nada para exibir. Lembre-se que você e a sua vida não são o centro do universo, por isso nem todos querem ouvir as suas conversas. Se está num local repleto de gente, vá para o exterior ou para um sítio mais privado, e se tiver de gritar, por exemplo, no comboio, desligue e volte a ligar numa altura mais apropriada. Pode achar que os seus planos para esta noite merecem audiência, mas os pobres e cansados viajantes não.

Da mesma forma, preste atenção ao volume e ao som do seu toque – alguns são muito mais irritantes que outros – e faça um teste com os seus amigos pedindo honestidade se não conseguir perceber o que pode ser ofensivo auditivamente.

Muitas pessoas ficam perturbadas com as regras de atendimento do telemóvel de outras pessoas. Existe uma regra simples. O que faria se estivesse sozinha na casa de outra pessoa e o telefone começasse a tocar? Se acha que não seria capaz de atender, então aplique a mesma lógica. Além disso, se ela estivesse à espera de uma chamada urgente teria levado o telemóvel com ela.

Uma das grandes vantagens do telemóvel é que existe um registo da pessoa que ligou e também mensagens, por isso não há necessidade de ficar preocupada.

Republished by Blog Post Promoter

166 Presentes - Quanto dinheiro deve gastar em presentes?

Quanto dinheiro deve gastar em presentes?

Antigamente os presentes eram simples lembranças de amor e amizade. Nesta época de publicidade e de consumo em que vivemos, parecemos todos obcecados com o preço das coisas. Não queremos apenas receber os maiores presentes da árvore como também os queremos oferecer. Mas dar presentes não deverá ser preocupante se seguir estas orientações:

♦ Gaste apenas o que puder. Ninguém quer que fique com dívidas por causa de outras pessoas.

♦ Não se sinta embaraçada por impor um limite – é melhor se todos concordarem cm gastar apenas uma determinada quantia.

♦ Lembre-se do ano passado. O que é que cada pessoa lhe ofereceu? O que lhes ofereceu? Sentiu-se “sovina” ou extravagante? Escolha o presente de cada um de acordo com o ano passado.

♦ Tente não competir com os muito ricos.

♦ Concorde em fazer um pacto com alguns amigos de oferecerem presentes – ambos ficarão gratos.

♦ Gaste mais ou menos o mesmo com irmãos e com pais, para evitar comentários.

♦ Algumas pessoas – especialmente os adolescentes – normalmente preferem/precisam de dinheiro ou de cheques-prenda. Não lhes ofereça algo que eles nunca hão-de usar só porque os cheques e o dinheiro são impessoais,

♦ Se comprar um presente com cuidado, atenção e carinho, o preço não importa.

♦ Guarde os recibos e ofereça-os às pessoas depois de elas abrirem os seus presentes – especialmente quando comprar roupa ou joalharia.

♦ Se realmente odeia um presente que recebeu mas as pessoas que lho deram adoram o seu presente, agradeça a Deus pelo seu bom gosto e fique feliz por as ter feito felizes. Não dê só a pensar em receber.

Republished by Blog Post Promoter

Segredos de sucesso - Segredos de Sucesso!

Segredos de Sucesso!

♦ Um sorriso não custa nada.

♦ Nem todas as pessoas gostarão de si, por isso não se preocupe em agradar sempre a todos. Aja de forma a ficar orgulhosa de si própria. Um brinde que tem muito sentido é o “Aos que nos amam, e os que não nos amam que vão para o inferno!”. Não perca tempo com aqueles que não pensam em si.

♦ Depois de ter sido apresentada a alguém, cumprimente sempre que a encontrar. Mesmo que não se consiga lembrar de onde a conhece, diga “olá”. Se alguém não corresponder à sua saudação, dê o seu dever moral por cumprido e
continue em frente.

♦ Se encontra uma pessoa quando está com pressa, pergunte o básico e depois explique que tem pressa e mostre-se feliz por essa pessoa estar bem / feliz / planear as férias, entre outras coisas. Não fique ali a tamborilar os dedos nem a entrar em pânico.

♦ Não apresente as pessoas pelas alcunhas, exceto se elas usarem normalmente esse nome. E não faça comentários sobre a vida pessoal, do género “É o João, acabou de se divorciar.” Cabe-lhes a elas partilhar essa informação.

♦ Não deixe a porta bater na cara de alguém. Deve segurá-la para a outra pessoa. Se chegar a uma porta ao mesmo tempo que outra pessoa deixe-a passar primeiro.

♦ Não acaricie o estômago de uma mulher grávida sem perguntar primeiro.

♦ Cair na rua é uma experiência mortificante… mas tente rir da situação. Levante-se, verifique se partiu algum salto, se tem alguma malha caída ou se tem cortes e arranhadelas e sorria. Acabou de animar o dia de toda a gente.

♦ Estar doente em público é sempre um pesadelo, por isso, se for possível, fique em casa. Não se quer arriscar a vomitar ou salivar em público (nem sequer vou mencionar o drama que é a diarreia) e além disso não melhora ao tentar manter
uma imagem digna nessas alturas. As outras pessoas também não vão gostar de ser contagiadas e culpá-la-ão por isso.

♦ Aprender a morder a língua é muito útil. Sim, provavelmente tem razão, mas o mundo ainda não está preparado para a sua filosofia. Guarde-a para os amigos
mais íntimos.

♦ Nunca bata nas pessoas a não ser que estejam a ter um ataque de tosse, a tentar atravessar a estrada na altura errada ou a pôr a mão na sua saia. As lutas de raparigas e todo aquele puxar de cabelos implícito são especialmente patéticos. Dar meia volta faz uma afirmação muito mais elegante.

♦ Em resumo, trate todas as pessoas com respeito – a não ser que elas lhe tenham provado que não o merecem. Deixe as suas boas maneiras falarem por si e provavelmente receberá o mesmo em troca.

Republished by Blog Post Promoter

152 Turista acidental - Turista acidental

Turista acidental

Quando visita amigos, os acidentes acontecem mesmo que você seja muito cuidadosa e sóbria. Por isso, se alguma vez partir ou manchar alguma coisa em casa de outras pessoas, seja honesta, faça tudo para melhorar a situação e ofereça-se para reembolsar os danos. O mesmo se aplica a queimaduras de cigarro (se for fumadora, fique no exterior ou perto de um cinzeiro).

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds