Assim que sai pela porta da frente, espera-a uma abundância de erros… Eis como pode lidar com eles.

15 Chegar a tempo - Chegar sempre a tempo

Chegar sempre a tempo

A pontualidade é muito importante. A não ser que queira arranjar reputação de não ter consideração e ser mal-educada, chegar quando disse que devia chegar é uma prioridade.

Existem sempre razões genuínas para manter as pessoas à espera — o tempo, o tráfego, circunstâncias alheias e doenças podem atrasar-nos — mas 95% dos atrasos devem-se a uma má organização. Seja honesta consigo própria, minha senhora! Não demora verdadeiramente 15 minutos a maquilhar-se para sair à noite, pois não? Aproxima-se mais dos 30. E pronto – já está atrasada.

Há ocasiões em que é elegante chegar atrasada e, sim, pode fazer uma entrada triunfal numa festa uma hora depois do seu início. Mas é grosseiro deixar alguém à espera sozinho num
restaurante e especialmente se um amigo preparou o jantar em casa. Pelo menos telefone a explicar o seu atraso.

Eis uma lista de dicas para não se atrasar:

1. Preparação. Certifique-se que tem dinheiro consigo (as idas de última hora ao banco demoram tempo).

2. Seja realista. Se tem uma reunião às 17 horas não combine encontros com os seus amigos para as 18 horas.

3. Planeie o seu percurso. Tenha atenção porque pode demorar o dobro do tempo se for a hora de ponta, etc…

4. Se não sabe decidir-se entre chegar muito tarde para um encontro com os amigos ou chegar a tempo mas ligeiramente desalinhada, os seus amigos preferem vê-la ao natural. Trate de si mais tarde.

5. Se não quer fazer algo, diga “não”. Se não, vai arrepender-se de o fazer e vai arrastar-se penosamente, lentamente… e atrasada.

Se tem um conhecido que chega sempre atrasado, realce educadamente que você é uma pessoa ocupada e que todos os minutos são valiosos, por isso, se os encontros tiverem de ser
remarcados, ele deve informá-la.

Quando um amigo chega repetidamente atrasado, experimente dizer: “É uma pena chegares tarde, porque vamos ter menos tempo para pôr a conversa em dia”. Se ele continuar a rebelar-se contra o tempo, mude o relógio para uma hora que seja adequada para eles. Diga que vai encontrar-se com eles mais cedo.

Outra forma de lidar com os atrasados é salientar o problema e combinar encontrar-se com eles em locais que são mais do seu agrado e mais fáceis para si – num café na esquina da sua rua, na receção do seu local de trabalho – e peça-lhes para lhe telefonarem quando estiverem a chegar, ou numa saída à noite combine encontrar-se com essa pessoa e com um grupo de amigos que sejam mais fiáveis. Em alturas verdadeiramente desesperantes, roube o relógio do atrasado c acerte-o para meia hora depois. Um dia ele vai agradecer-lhe.

Republished by Blog Post Promoter

17 Calma com os ruídos - Calma com os ruídos

Calma com os ruídos

Os ruídos estranhos constituem uma surpresa para as pessoas que a rodeiam. Bufar, por exemplo, evoca o óbvio – nada tem a ver com uma rapariga moderna. Imitar ruídos de animais fá-la parecer… bem… um animal. E tudo o que ultrapasse o eei/ups/ah/au/brr deixará as pessoas a pensar que você é ligeiramente maluca.

Republished by Blog Post Promoter

17 Aborrecimentos Públicos - Aborrecimentos públicos

Aborrecimentos públicos

O consumo de bebidas gaseificadas e a “Síndrome dos Intestinos Ruidosos” tem aumentado proporcionalmente, mas é importante manter as fugas de gás sob controlo. Em nenhuma situação é aceitável soltar gases em público. Lembre-se que raramente existem gases seguros. Acabará inevitavelmente por lançar maus cheiros ou imitar uma trombeta. Guarde isso para quando estiver na casa de banho ou num descampado sem pessoas.

De mesma maneira, nunca deve comentar a infelicidade de outros, especialmente se estiver num local embaraçoso — apenas vai tornar a infelicidade deles ainda maior. Claro que poderá acabar por ser silenciosamente acusada, mas é a única coisa educada a fazer.

No extremo oposto, lembre-se de usar perfume e de adicionar uma fragrância suave à sua vida, mas não sufoque as outras pessoas que têm a fortuna de ocupar a mesma sala. Duas gotas para o dia e três para a noite devem ser suficientes.

Também para não poluir o ambiente, não deite lixo para o chão – descubra um caixote ou leve-o para casa. E fumar não é aceite em todo o lado, especialmente perto de pessoas doentes, grávidas ou muito jovens. Pergunte sempre aos que a rodeiam se se importam que acenda um cigarro.

Se em geral não é uma grande fumadora, mas ocasionalmente gosta de fumar um cigarro, tente não fazê-lo sempre perto da mesma pessoa. Se está sempre a cravar, faça um esforço para comprar um maço ou dê algum dinheiro à pessoa que normalmente compra os cigarros. Nunca deite fumo directamente na cara das pessoas, mesmo que também elas estejam a fumar.

Republished by Blog Post Promoter

19 Manter a calma - Manter a calma

Manter a calma

Em determinadas alturas, até a alma mais descansada e ponderada pode ser testada. O destino parece conspirar contra si ou, pior ainda, as pessoas agem como idiotas. Quando confrontada com uma situação difícil, não a transforme num drama – aja com decoro.

Eis como:

1. Respire. Acalme-se e saiba que consegue superar tudo. O que está a passar é apenas um teste à sua inteligência, iniciativa e senso comum. Pense nisso como sendo um exercício social.

2. Lembre-se que tudo irá melhorar. Existe luz no fundo do túnel.

3. Não procure culpar os outros. Isso não vai melhorar a situação e pode levar a falsas acusações e a discussões.

4. Você não é a Super-Mulher. Faça o que pode e depois passe aos outros ou peça-lhes para ajudar. O peso do mundo não tem de ficar nos seus ombros.

5. Seja decidida. Escolha um caminho e siga-o. Vacilar não a leva a lado nenhum.

Republished by Blog Post Promoter

16 A limpeza é essencial1 - A limpeza é essencial

A limpeza é essencial

É certo que todos temos horários apertados, mas existe uma área na vida na qual é imperdoável poupar tempo, ou seja, a higiene pessoal. O olfato é o sentido mais apurado e um odor estranho pode ficar bastante tempo na memória. Felizmente, já não estamos na época medieval, por isso não existe desculpa para o mau hálito nem para odores corporais quando se apresenta ao mundo.

Tenha sempre uma bolsa na mala ou na gaveta da sua secretária com desodorizante, pinça, lima, pastilhas elásticas, roupa interior, brincos, espelho e escova de dentes. Pode parecer afetado, mas impede outros de ficarem maldispostos.

Se tem algum problema de saúde que lhe provoque embaraço social, vá ao médico. Pode ser que essa condição tenha um tratamento simples. E não fique preocupada, eles já viram tudo
antes e não a vão julgar — ao contrário do pobre utente que vai ao seu lado num comboio repleto de pessoas.

Se é paranóica em relação a coisas como cera nos ouvidos, pontos negros, cabelos soltos e caspa, traga um espelho consigo. Dar a impressão certa tem, infelizmente, tanto a ver com estética como com carisma. Mas veja o problema desta forma, certifique-se que as boas maneiras não são prejudicadas por algo trivial.

Teste de cheiro: faça-o antes de sair — mesmo que não tenha um espelho!

1. Verifique se os seus sovacos têm manchas de transpiração, cheiros e marcas de desodorizante.

2. Ponha a mão em concha, respire lá para dentro e depois cheire.

3. Peça a um amigo/colega chegado para lhe dar a sua opinião.

4. Levante as solas dos sapatos para verificar que não tem porcaria de cão, pastilha ou outras coisas agarradas.

Uma palavrinha sobre o ponto 3 e como dizer a alguém uma verdade difícil sobre higiene: se tem um amigo ou colega que acha que pode beneficiar com os méritos de um desodorizante ou algo semelhante, desde que trate do assunto com cuidado, ele provavelmente vai sentir-se grato. Sugestões para fazer isso:

1. Fale sempre com ele em privado.

2. Decida antecipadamente se vai ser direta ou subtil. Isso dependerá da sua relação.

3. Se for direta, diga imediatamente. Seja honesta, mas gentil.

4. Se for subtil, experimente recomendar um espantoso produto novo que encontrou. Diga mesmo que na compra de um lhe ofereceram outro grátis.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds