Categories
Recent Posts

Blog

102 Pedido

Pedido

Os menus servem para nos guiarmos. Se não sabe o que é um ingrediente nem ao que uma determinada mistura sabe, pergunte ao empregado. Ele pode até chamar o chefe para explicar. O restaurante também deve aconselhá-la nos pratos especiais antes de fazer a sua escolha. Se o menu estiver noutra língua e o seu vocabulário de escola não a ajudar, é perfeitamente admissível pedir uma tradução. O mais provável é que, se eles tivessem um menu na sua língua, tê-lo-iam entregue quando se sentou.

Chame o empregado para fazer o seu pedido apenas quando todos tiverem decidido o que querem. Comer fora é um prazer e as pessoas não gostam de ser apressadas para fazerem as suas escolhas. Fechar o seu menu é o código internacional para dizer que está pronta para fazer o pedido, faça isso.

Peça sempre alguma coisa. Não há nada pior que sair para jantar ou partilhar uma refeição com alguém que afirma “Não tenho fome. Vou só provar o teu prato.” Nem pense nisso…
Encomende a sua própria refeição, querida! Com demasiada frequência, as pessoas viram a cara (e são mulheres em 99% das vezes), depois devoram tudo quando ninguém está a olhar. Isto não é justo para as pessoas que estão famintas.

Como em tudo, a regra número um é: em caso de dúvida, pergunte. Não se preocupe se quiser trocar alguns dos ingredientes – mas não faça o mesmo que a Meg Ryan, dando ao empregado
uma lista de pedidos, porque parecerá demasiado exigente. No entanto, se sofrer de alguma alergia, esta é a altura ideal para ver se está tudo conforme deseja.

Não é considerado de bom-tom pedir uma entrada quando os outros desejam passar imediatamente para o prato principal. Eles terão de ficar a olhar para si como órfãos na montra de uma loja de doces. Se está faminta, peça uma salada para acompanhar o seu prato ou peça aos outros que a acompanhem num prato de aperitivos.

Se não tem muita fome, experimente combinar duas entradas em vez de uma entrada e um prato principal. Os restaurantes não se importam com isso, especialmente se o resto da mesa jantar normalmente. No entanto, nunca deve pedir dois pratos principais – isso é ser guloso. E limite também outros pedidos… ninguém precisa de quatro ou cinco extras. Tem mais olhos que barriga.

Se encomendou um prato exigente e não sabe como comê-lo, pergunte. A maioria dos empregados ajuda as pessoas que estão em dificuldades.

Tente deixar um intervalo de 20 minutos entre cada prato para ficar satisfeita, ficar sóbria e arranjar espaço para a sobremesa. A não ser que o restaurante tenha uma hora de fecho obrigatória, você está de acordo com a etiqueta e pode reclinar-se e relaxar.

0