Sempre que alguém mais chegado a desaponta, o seu coração parte-se um pouco. Não a nível romântico, mas a nível de realização. Você torna-se mais cínica, menos confiante e um pouco mais dura.
Por isso, se alguém a desaponta gravemente, deveria haver uma volta atrás? Num mundo perfeito, todos perdoaríamos e esqueceríamos, mas cada caso individual merece uma consideração cuidadosa. Se uma amiga de longa data a desaponta, pergunte-lhe porquê. Pense nos fatores externos: havia outras pessoas a pressioná-la, estava tensa ou deprimida, ela sabia que ia ficar tão triste? Se, lá no fundo, sabe que vale a pena a batalha, ultrapasse o problema e concorde em deixar o passado para trás. Pode tornar a sua relação mais forte.

178 Desistir - Desistir

Desistir

No entanto, por vezes as pessoas mudam e as discrepâncias não podem ser remendadas. Se alguém repetidamente a desaponta ou a faz sentir-se mal, pense se deseja esta pessoa na sua vida. Se os contras são superiores aos prós, não os ature. Em todas as relações tem de se dar e receber – certifique-se de sempre a mesma pessoa a dar. O ressentimento não alicerce para uma amizade saudável.

Republished by Blog Post Promoter

179 Evitar pessoas - Evitar as pessoas

Evitar as pessoas

Se realmente não aguenta uma pessoa, mantenha-se afastada. Passar uma hora na sua presença irrita-a e, para ser honesta, essa pessoa não merece que se preocupe tanto. Se sabe, no fundo do coração, que se esforçou e se comportou com simpatia, tem a consciência tranquila. Recuse convites a eventos a que sabe que ela irá. Passe menos tempo com amigos que insistem em admirar a perdedora. Conheça pessoas novas e interessantes através do trabalho ou dos seus passatempos.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds