Todos nós já nos sentimos intimidados uma ou outra vez quando fomos comer fora. Quer confrontados com um empregado especialmente grosseiro, quer com comida horrível ou um menu ilegível, e a incerteza sobre a forma correta de nos comportarmos não é invulgar.
O meu primeiro conselho é que escolha sempre um local em que você e os seus companheiros se sintam confortáveis. Não estou só a falar do código de vestuário e da conta bancária — vale também a pena assegurar-se de que todos na sua festa se sentem bem. Por exemplo, verifique com antecedência se existem opções vegetarianas, cadeiras mais altas para crianças, pratos para quem tenha alergias e até a proximidade de um parque de estacionamento, se alguém do seu grupo sofrer de problemas de mobilidade.
Uma importante verdade a lembrar é que ambientes descontraídos ou baratos não significam automaticamente que a comida e o serviço sejam maus, longe disso. Da mesma forma, frequentemente os estabelecimentos mais pretensiosos não têm desculpa para se comportar mal. Tendo dito isto, se deseja fazer algo com um pouco de estilo ou arruinar a conta bancária, não hesite. O seu dinheiro é tão bom como o dos outros. Vá e aja com confiança. Peça às pessoas em quem confia recomendações antes de tomar a sua decisão.

104 Utensílios e extras - Utensílios e extras

Utensílios e extras

O seu guardanapo deve ser colocado no colo antes de começar a comer. Toque levemente na boca com ele e não o esfregue com vigor. Se você ou a sua companhia derramam algo, é permissível usar o seu guardanapo para limpar, mas chame um empregado para limpar a toalha.

Muitas pessoas entram em pânico por poderem usar a faca ou o garfo errado. É simples. Se tem dois, três ou quatro conjuntos de talheres na sua frente, comece pelos que estão por fora e vá andando até chegar aos que estão junto ao prato. As facas e garfos estarão colocados na posição correta. Pense: pequeno para a entrada e maior para o prato principal. Nunca lamba nem coma com a faca. Se for necessário, peça uma colher para utilizar no prato principal em vez de usar a de sobremesa.

O prato do pão estará à sua esquerda e deve ser retirado quando a sobremesa chega, para haver mais espaço na mesa. O prato do pão serve para o pão e a manteiga e não para outras coisas. Não é um prato para passar amostras de comida por toda a mesa. Os seus copos de vinho (o mais pequeno) e de água estão à direita. Se traz um cocktail ou um aperitivo para a mesa, coloque-os à sua esquerda para evitar o acumular de coisas. Apenas agradeça aos empregados uma ou outra vez que eles lhe encham o copo – fazê-lo todas as vezes pode interromper o fluir da conversa. Tente beber tanta água como vinho. Vai ficar agradecida de manhã… Bebe-se muito mais do que imaginamos quando nos estão constantemente a encher o copo. Lembre-se que muitos cafés/sobremesas também têm álcool, Beba com cuidado e não beba se vai conduzir.

Os pauzinhos podem ser complicados. Pratique em casa e verá que se torna mais fácil. Quando sai, experimente sempre à primeira vez. Se após alguns minutos vir que não está a conseguir e o seu estômago está a dar horas, opte pela colher e pelo garfo. Pelo menos
tentou. O mesmo se aplica a comer apenas com uma mão nos tradicionais restaurantes indianos.

Quando come em público, deve ter consciência que peculiaridades que ache deliciosas podem revoltar o estômago de outras pessoas. Muitas pessoas comem com uma tal velocidade que se torna embaraçoso quando estão num almoço com amigos. Eles sentem-se obrigados a apressarem-se, ficam mal dispostos e não conseguem comer a sobremesa… e, antes de se dar por isso, já saíram do restaurante. Por isso, para as pessoas que são assim é bom aprender a deixar as suas maneiras rápidas em casa (mesmo que isso implique comer qualquer coisa antes de sair de casa para apaziguar a sua fome.) De facto, comer qualquer coisa algumas boras antes de sair para jantar é normalmente uma boa ideia. Se passar fome o dia inteiro vai atirar-se ao cesto do pão como um abutre e assustar o empregado. É sempre mais agradável apreciar um aperitivo antes do jantar, por isso não se sinta a desfalecer por antecipação.

Republished by Blog Post Promoter

103 Comer sem embaraço - Como comer sem embaraços

Como comer sem embaraços

A comida está a chegar, por isso é tempo de estabelecer algumas regras básicas. Quer esteja a tomar chá no “Ritz” ou tenha ido a uma cadeia de hambúrgueres, determinados níveis de decoro devem ser tidos em conta em todas as ocasiões. Isto não tem nada a ver com ser fina ou elegante e tem tudo a ver com não provocar vómitos nas pessoas que a rodeiam.

Embora os conselhos das páginas que se seguem sejam sobre etiqueta em restaurantes, muitas das sugestões são igualmente apropriadas quando se é convidada para ir a casa de alguém ou quando é você a anfitriã. Onde quer que esteja:

♦ Não fale com a boca cheia.

♦ Não cuspa nada nem faça sons estranhos se não gostar da comida. Seja discreta.

♦ Não tire comida do prato dos outros exceto se eles acederem ou a encorajarem a experimentar algo.

♦ Não lamba os dedos.

♦ Não brinque nem escove o cabelo à mesa de jantar.

Republished by Blog Post Promoter

100 Como reservar uma mesa - Como reservar uma mesa

Como reservar uma mesa

Lembre-se de que você é o cliente. Não se deixe abalar por uma voz arrogante, mesmo quando telefona para o restaurante mais procurado da cidade para fazer uma reserva. Eles precisam mais de si que você deles. Como pode ter a certeza de obter uma boa mesa?

♦ Reserve pelo menos com duas semanas de antecedência.

♦ Não convide mais de oito pessoas.

♦ Marque o jantar para antes das 20h30 ou depois das 22h30.

♦ Mencione o facto de ser uma ocasião especial.

♦ Finja ser uma celebridade, uma jornalista ou uma relações públicas. Parece tolice, mas, se estiver desesperada, finja ser o seu próprio advogado – sempre impressiona.

♦ Diga que pode ser em fumadores ou não fumadores, isto é, seja flexível, desde que os convidados não se importem.

♦ Evite as quintas, sextas e sábados.

♦ Peça que enviem o menu por fax ou e-mail – desta forma, pode verificar os pratos e os preços antes de tomar a sua decisão.

Republished by Blog Post Promoter

101 Rituais de restaurante - Rituais de restaurantes

Rituais de restaurantes

Depois de ter entrado num restaurante, entram em vigor algumas regras não oficiais. Os empregados devem agradecer-lhe a sua vinda e oferecer-se para lhe tirarem o casaco, sem que você tenha de fazer nada. Se não fez uma reserva, deve ser demasiado simpática ao perguntar se existem mesas livres. Não discuta se lhe disserem que não – embora a sala possa parecer vazia, eles podem ter algumas mesas reservadas.

 

Quando é levada para a sua mesa, não guarde o melhor lugar antes de todos se terem juntado. Se é a primeira a chegar, sente-se num local que não impeça a passagem das outras pessoas. Mesmo que isso signifique que está presa na Sibéria social com o casal mais chato da Terra, pode sentar-se convencida que é bem educada.

Lembre-se de respeitar as outras mesas. Coloque o telemóvel em modo de silêncio (ou, preferencialmente, desligue-o) e preste atenção ao nível de ruído que a rodeia. Tente não olhar fixamente para os outros – é difícil, eu sei, mas aquele casal no canto pode estar a desfrutar do último jantar para salvar a sua relação e não precisa da sua atenção. Mesmo assim, os restaurantes são locais públicos e tem todo o direito de se divertir e rir, por isso não se sinta intimidada a permanecer em silêncio total.

Republished by Blog Post Promoter

106 Comida complicada - Comida complicada

Comida complicada

Pode saber muito bem, mas pode arranjar problemas só de tentar espetar-lhe o garfo. O que se segue deve ser evitado em primeiros encontros, em almoços de negócios e quando se encontra com os seus futuros sogros pela primeira vez:

Fondue: saboroso, mas pode parecer demasiado íntimo e demasiado “estrela porno” dos anos setenta para um jantar num restaurante. E se não gostar de queijo?

Esparguete e tagliatelle: ficará com mais comida no queixo do que na boca e estará demasiado ocupada a pensar em como comer para participar numa conversa inteligente.

Alho: apenas decente se todos comerem, caso contrário ninguém tentará contar-lhe nada.

Fajitas: apenas para amigos. Algumas pessoas não gostam de partilhar comida nem de usar as mãos. É justo.

Caril quente e picante: se mancha a toalha de mesa daquela forma, imagine o que não fará ao seu estômago? Delicioso, mas tem um cheiro muito ativo e pode dar-lhe uma bela dor de barriga.

Republished by Blog Post Promoter

105 Começar - Começar

Começar

Se o pão já está colocado num prato ao seu lado antes de chegarem as entradas, pergunte às outras pessoas se elas se importam que vá começando. Use a faca de manteiga para cortar a manteiga e colocá-la no seu prato. Ofereça o prato com a manteiga à pessoa que estiver ao seu lado. Nunca corte o pão com a faca; em vez disso, use as mãos. Se o empregado vem com o cesto do pão, indique aquele que pretende e deixe-o colocá-lo no seu prato. Não ponha as mãos no cesto exceto se lhe disserem que o pode fazer. Pode tirar mais pão se lhe perguntarem se o deseja, mas não continue depois do prato principal ter sido servido, a não ser que esteja a comer mexilhão. Se o pão estiver duro, reclame. O pão deve ser saboroso.

Quando lhe é permitido começar a comer? Se a sua entrada ou prato principal for frio, deve esperar até que todos tenham sido servidos. Se escolheu um prato quente, as pessoas que estão consigo devem instigá-la a comer para que a refeição não arrefeça. Nunca comece a comer sem qualquer consideração pelos outros – especialmente se for convidada em casa de alguém e o cozinheiro ainda não se tiver sentado (excepto se ele o permitir).

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds