Posts

147 Autoclismo - Puxar o autoclismo

Puxar o autoclismo

Ir à casa de banho a meio da noite pode provocar todo o tipo de problemas – puxar o autoclismo ou não, eis a questão. Se fizer a necessidade número dois, puxe o autoclismo seja a que hora for. As pessoas preferem ser acordadas por água do que assustadas pelo fedor quando se dedicarem à sua higiene diária. Baixe o tampo da sanita e mantenha a porta fechada até o barulho desaparecer. Se o quarto de alguém fica ao lado e você só precisa de fazer um xixi, coloque papel na superfície da água e saia.

139 Festa - Dar uma grande festa em casa

Dar uma grande festa em casa

Bolas! Nunca deu uma festa em grande… O que pode fazer?

♦ Se vêm muitas pessoas que não se conhecem, estabeleça um tema. Faça uma decoração na casa (haverá muito sobre o que falar) ou insista em roupas estranhas (haverá muito sobre o que rir). Os temas populares são: anos oitenta, toga, mau gosto, prostitutas e padres (sim, ainda são famosas), super heróis, venha mascarado da coisa que mais gosta.

 

♦ Dê um objetivo à sua festa: dia das bruxas, o seu aniversário, Natal… Dessa forma, todos saberão o que esperar.

♦ Invista, peça emprestada ou alugue uma iluminação interessante – as pessoas estão mais inclinadas a dançar com luzes de discoteca ou com uma bola de espelhos refletida no chão.

♦ Prepare a música com antecedência. Se contratou um DJ ou música ao vivo indique-lhes o que é obrigatório tocar e o que não devem tocar. Se está a fazer cassetes/listagens, arranje a maior variedade possível, por isso não faça uma seleção de músicas lentas (fará lembrar todos os pesadelos de odiadas discotecas no liceu). Mantenha a música com ritmo, não deixe que haja grandes intervalos entre músicas e evite as músicas que odeia. Afinal, a festa é sua.

♦ Certifique-se de que existe muito papel higiénico nas casas de banho.

♦ Tenha os números dos táxis locais à mão para quando os convidados desejarem sair.

♦ Haverá sempre algumas pessoas que bebem um copo a mais… Tente livrar-se delas antes de começarem a gritar ou a lutar. Deite-as na cama, mande-as para dentro de um táxi ou leve-as lá fora para falar com elas e dar-lhes um copo de água. Tenha sempre alguns amigos sensíveis em quem possa confiar para a ajudar.

♦ A comida não é uma preocupação em festas destas – algumas tigelas com nachos, frutos secos e aperitivos devem chegar. Chupa-chupas e doces constituem uma alternativa divertida.

♦ Coloque as bebidas perto da pista de dança – as pessoas juntam-se sempre perto das bebidas, e é por essa razão que a cozinha é sempre o local mais concorrido.

♦ Falta-lhe espaço para refrigerar as bebidas em casa? Encha a banheira com gelo e deixe-as lá.

148 Crime sexual - Crime sexual

Crime sexual

Fazer sexo na casa de outra pessoa também é complicado. Ter convidados que gemem tão alto que nos mantêm acordados toda a noite, torna o pequeno-almoço muito estranho. Se está fora por uma noite, controle-se. Não morre por estar 24 horas sem sexo. Se está fora por mais tempo, o importante é fazê-lo de forma mais silenciosa – pode mesmo fazê-lo no tapete, se a cama ranger muito, ou esperar que os donos da casa saiam durante uma hora se está a namorar com uma pessoa que grita muito. Não deixe preservativos pela casa e mantenha os lençóis o mais limpos possível. Deixá-los para que os anfitriões tratem deles e levar a hospitalidade demasiado longe.

150 Humor casa de banho - Humor de casa de banho

Humor de casa de banho

Sujar a casa de banho pode fazê-la corar. Nenhum convidado deixaria marcas na casa de banho de outra pessoa. Primeiro verifique se existe uma escova: agradeça aos céus se houver alguma e prepare-se para um mau bocado se não existir nenhuma. Arme-se com bastante papel higiénico, puxe o autoclismo pela segunda vez e esfregue violentamente enquanto tapa o nariz com a outra mão.

145 Ficar alguns dias - Ficar por alguns dias

Ficar por alguns dias

Se vai ficar em casa de alguém por alguns dias, a tensão aumenta. Os melhores convidados saem após cinco horas, por isso ficar algumas noites pode por em perigo a vossa relação. Sabe-se que uma toalha molhada deixada no chão já fez terminar grandes amizades. Eis como salvar a sua amizade e manter um telhado onde se abrigar:

♦ Assim que entra pela porta, agradeça. Mais e mais.

 

♦ Leve um presente especial – uma simples caixa de chocolates não serve. Escolha um bom livro ou disco, uma moldura ou um ramo das flores preferidas do dono da casa.

♦ Guarde os seus pertences imediatamente no quarto. Deixe o mínimo possível de sinais da sua estadia.

♦ Seja limpa. Não deixe pratos sujos na cozinha para outros limparem.

♦ Saia tanto quanto for socialmente aceite. Obviamente que não deve tratar a casa como um hotel, mas deixe aos residentes tempo para ficarem sozinhos.

♦ Não esteja à espera do dono da casa para ter transporte. Verifique os comboios e autocarros.

♦ Se vêm mais pessoas, ofereça-se para se ir embora.

♦ Use os seus sentidos. Se detectar alguma irritação no ar, vá para a cama mais cedo.

♦ Pergunte-lhes qual a rotina deles para não parecer grosseira. Talvez seja melhor não ficar acordada toda a noite a ver televisão e depois dormir o dia inteiro.

♦ Não permaneça na casa de banho mais tempo do que o necessário. Duche, sim. Banho de imersão por duas horas, não. Se a água quente estiver a acabar, avise-os.

♦ Seja cuidadosa: escolha fruta fresca, flores e chocolates para todos.

♦ Ofereça-se para ajudar a pagar as contas ou para ajudar no trabalho da casa. E não se sinta chocada se aceitarem – as pessoas podem estar numa altura em que o orçamento esteja mais apertado e ficar em casa deles pode ser ainda mais barato que ficar num hotel.

♦ Ofereça-se para fazer o jantar e para lavar a loiça nas noites em que não cozinha. Ofereça-se para mudar os lençóis quando sai.

♦ Se vai ficar mais de três noites, leve os anfitriões para jantar fora.