Posts

133 Cozinhar - Não sei cozinhar, não quero cozinhar… tenho de cozinhar

Não sei cozinhar, não quero cozinhar… tenho de cozinhar

Algumas pessoas são fantásticas na cozinha e procuram inventar pratos para os seus convidados. Mas a maioria de nós precisa de uma tarde e de um bom livro de receitas para preparar até as refeições mais básicas. Então, como pode evitar envenenar os amigos e família?

1. Não seja demasiado ambiciosa. Um simples spaghetti à bolonhesa bem confecionado é quase sempre melhor que um pato com laranja mal confeccionado.

2. Pratique com alguém que não precisa de impressionar – o seu namorado/marido/colega de apartamento não se importa desde que seja alimentado.

3. Escolha um prato que possa ser facilmente preparado e colocado no frigorífico/congelador na noite anterior – sopa caseira ou profiteroles e molho de chocolate, por exemplo.

4. Faça batota. Se a ideia de confecionar três pratos, realmente a aterroriza, vá ao supermercado local. Alguns pratos já preparados são saborosos, simples e normalmente mais baratos do que fazê-los em casa. Ornamente-os com extras: ervas frescas, molhos ou queijo ralado.

5. Apresente alimentos não cozinhados: queijo e tostas, salada de tomate e mozarela, frutos frescos e natas, etc.

6. Faça a lista dos ingredientes antes de ir às compras – não quer esquecer-se de nada na confusão – e compre em maior quantidade que aquela que necessita.

7. Todos precisam de um plano de apoio: tenha alguns menus de comida rápida em casa.

8. Se não está habituada a dar grandes jantares, não convide mais de seis pessoas nas primeiras ocasiões.

9. Sirva aperitivos, para o caso de o jantar demorar um pouco mais do que planeava – convidados a desmaiar é muito irritante. Mas deve pensar nas horas. Dê 30 minutos para comer a entrada e sirva o prato principal uma hora depois de colocar o primeiro prato na mesa. Pode depois servir a sobremesa quando entender.

10. Não fique embriagada até o prato principal estar servido. Depois beba um copo de vinho e elogie-se a si mesma por ter ousado ser anfitriã dc uma tal noite – mesmo que as cenouras estejam desfeitas e a “Pavlova” ainda não tenha descongelado.