As boas maneiras diárias ajudam-na, no trabalho, no descanso e no lazer! Claro! Trabalhar não é só ganhar dinheiro – é também fazer novos amigos, melhorar o futuro, obter mais educação, impressionar os outros e sair de casa. Como podemos fazer tudo isso sem o apoio de alguém? Fácil…

82 Despedir alguém - Despedir alguém

Despedir alguém

Despedir alguém pode ser tão preocupante como ser-se despedida, se você for uma pessoa boa e sem tendências maquiavélicas. Antes de concordar em ser o carrasco, verifique os factos, conheça a sua posição e verifique que não existe discussão. A pessoa tem de se ir embora.

Se não concorda com o despedimento, recuse-se a fazê-lo. Ofereça-se para dar um aviso oficial ou diga à pessoa para fazer o seu próprio trabalho sujo.

Republished by Blog Post Promoter

79 Pedir um aumento - Pedir aumento de ordenado

Pedir aumento de ordenado

Isto pode ser um pesadelo. Mas não tem de o ser. Os empregadores conhecem o que uma mulher consciente e inteligente como a leitora merece e provavelmente já estavam à espera que lhes batesse à porta há já algum tempo. Entre lá dentro e justifique a sua necessidade de uma revisão de salário, explicando como o trabalho aumentou e está a ser mal paga.

O pior que pode acontecer é o seu patrão dizer “não”, mas concordar em rever a situação novamente daqui a algum tempo. Os patrões sabem que um salário estático diminui lealdade e as horas extraordinárias.

Republished by Blog Post Promoter

72 Trabalho em rede - Trabalhar em rede

Trabalhar em rede

Bajular é visto como uma importante parte da moderna vida profissional. Suaviza o caminho a percorrer na carreira… e obtém as coisas mais depressa e mais baratas.

Não dêem graxa a todos, apenas aos que merecem. Isto fá-los-á pensar que são especiais e você se sente menos “sacana”.

O nepotismo ainda existe, embora seja desprezível, mas experimente criar uma rede feminina no trabalho para rivalizar com a dos homens. Sentir-se-á muito melhor.

Na realidade, a melhor forma de pertencer à rede é ser bem-educada e simpática para todos, porque aquela humilde rapariga ainda poderá, um dia, ser sua chefe. Não se junte somente aos que são seus superiores hierárquicos. Estenda a sua rede a todos.

Republished by Blog Post Promoter

74 Lidar com subordinados - Lidar com os subordinados

Lidar com os subordinados

Cuidar de uma equipa envolve diplomacia, simpatia, justiça e motivação. Encoraje o seu pessoal a trabalhar com afinco e recompense-os sempre que o fazem. Se a empresa não pode pagar aumentos de ordenado, invente as suas próprias iniciativas, como uma saída à noite ou um dia de férias nas termas. Evite ser paternalista – parta do princípio que a sua equipa é tão valiosa e inteligente como você, apenas com menos experiência ou com uma energia diferente, e lembre-se que nem todos gostam de ser líderes, por isso não pense que andam atrás do seu lugar. A maior parte do pessoal só quer alguém equilibrado com quem possa aprender. Se está a ter um mau dia, avise-os. Se um deles está a desapontá-la, saliente em que aspeto e dê-lhe tempo para melhorar. Os tiranos nunca prosperam.

Republished by Blog Post Promoter

84 Adeus até qualquer dia... - Adeus, até qualquer dia...

Adeus, até qualquer dia…

Saia de forma positiva, se for possível. Não deve apresentar a demissão e depois andar a cambalear durante o período de aviso de um mês permanentemente ressacada, mal-humorada e sarcástica. Não corra pelo escritório com um vestido de “cheerleader”, a gritar: “Estou livre!” Agradeça ao seu chefe (mesmo que a relação não tenha sido boa) pela sua ajuda e simpatia. Peça para o período de aviso ser reduzido, se achar que é demasiado comprido – a sua cabeça não estará no trabalho e as pessoas já não podem confiar em si. Não encoraje os outros a fazerem o mesmo… pelo menos nessa altura. Espere até estar estabelecida e depois vá buscá-los se acha que lhes pode oferecer mais dinheiro/segurança/felicidade. Reúna o seu pessoal quando todos os outros tiverem saído – não peça os seus contactos de trabalho, leve apenas os seus. Não exiba o seu fabuloso emprego novo, explique apenas que foi uma oportunidade demasiado boa para a deixar escapar e que vai sentir a falta de todos. Mesmo que esteja a mentir, fá-la-á parecer mais em cima e os que ficam para trás sentir-se-ão mais seguros.

Republished by Blog Post Promoter

75 Disciplinar - Disciplinar quem causa problemas

Disciplinar quem causa problemas

1. Faça-o em privado.

2. Tire notas antes de entrar, para que não possa ser contrariada nem apanhada desprevenida.

3- Peça a um membro do departamento dos recursos humanos para ir consigo, se achar que a situação se pode complicar.

4. Deixe-os falar e responder às suas perguntas.

 

5. Decida o que se deve fazer. O que devem eles mudar? Como o podem fazer?

6. Marque outra reunião para dali a uma semana/mês para verificar os progressos.

7. Registe os procedimentos com o seu chefe e o departamento de recursos humanos no caso de nada melhorar.

8. Não leve rancores ou preconceitos pessoais para o local de trabalho.

Republished by Blog Post Promoter

Time executed 0 seconds